PRF encerra a Operação Nacional de Segurança Viária em Mato Grosso

A ação faz parte do Projeto de Redução de Mortes da Instituição

A Polícia Rodoviária Federal encerrou a segunda fase da Operação Nacional de Segurança Viária no estado de Mato Grosso que ocorreu entre os dias 18 e 24 de agosto. Essa ação é um desdobramento da Operação Vita , que teve como objetivo avaliar os pontos críticos de acidentabilidade nas rodovias federais do estado e os principais fatores que contribuem para que o mesmos ocorram.

Em Mato Grosso cinco trechos específicos foram analisados, nos municípios de Barra do Garças – BR 070, Rondonópolis – BR 364, Sinop – BR 163, Santo Antonio do Leverger – BR 364 e Cuiabá – BR 070.

A Operação Nacional de Segurança Viária (ONSV ) tem como objetivo direcionar as fiscalizações de policiamento para prevenir e reduzir o número de acidentes e sua gravidade.

Destacamos alguns fatores que são determinantes em algumas situações : falhas humanas, como estacionamento/parada irregular, velocidade incompatível, consumo de bebida alcoólica, conversões em locais proibidos, ultrapassagens indevidas, travessia irregular de pedestres e outras atitudes que atuam como potenciais causadoras de acidentes.

Durante as fiscalizações foram realizados 283 testes de etilômetro onde 07 pessoas foram detidas e 15 notificadas por dirigir sob influência do álcool. Com 2.394 veículos fiscalizados entre automóveis, veículos de carga, motocicletas e ônibus, destes 123 foram recolhidos por diversos motivos principalmente por oferecer risco a circulação.

Um comparativo entre 2019 e 2020, com os dados de acidentes ocorridos no mesmo período e local, podemos afirmar que a ação trouxe um resultado satisfatório.

 

2019

2020

Acidentes

08

05

Acidentes graves

01

00

Acidentes com Morte

00

00

Feridos Graves

01

00

As ações desenvolvidas fazem parte do Projeto Nacional de Redução de Mortes (PNRM) da instituição que contém uma série de medidas e ações a serem implementadas para garantir a fluidez e a segurança no trânsito.

Fonte: Secom PRF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.