Reunião em Conquista D’Oeste debate assuntos relacionados à coleta de resíduos da região Oeste

Aterro sanitário poderá ser implantado em Pontes e Lacerda.

Uma importante reunião aconteceu no município de Conquista D’Oeste (cerca de 90km de Pontes e Lacerda), na manhã desta quinta-feira (26), e reuniu lideranças políticas dos sete municípios que compõe o Consórcio do Vale do Guaporé, em pauta, a coleta dos resíduos sólidos.

Segundo os representantes do Consórcio do Vale do Guaporé, uma das melhores alternativas é a terceirização dos serviços relacionados à coleta.

Este projeto, caso se concretize, os resíduos serão destinados para um aterro sanitário no município de Pontes e Lacerda. O projeto será custeado pela empresa que ganhar a concessão, os municípios não terão custo algum em relação a projeto.

Com a concretização dos serviços de coleta, uma possível taxa será cobrada baseada em uma Lei Federal, e que todos os municípios devem se adequar para não sofrerem penalidades (multas), até o ano de 2023.

Outro ponto bastante discutido durante a reunião é a da criação de uma taxa unificada para os sete municípios que compõe o Consórcio do Vale do Guaporé.

Todo o debate foi pautado em cima da Lei Federal nº 11.445, de 5 de janeiro de 2007, que é a lei que estabelece diretrizes para o saneamento básico.

Os vereadores Carlinhos, Ricardinho, Repórter Doni Bill e Rogério Lero-lero que representaram a Câmara de Pontes e Lacerda, destacaram como é importante a união entre os poderes que representam o parlamento com o Consórcio do Vale do Guaporé, ainda segundo os parlamentares é muito importante que este aterro seja implantado em Pontes e Lacerda.

“É de suma importância a criação deste projeto e a implantação deste aterro sanitário, além do mesmo proporcionar emprego e renda, o aterro também oferece mais qualidade de vida aos munícipes”, concluíram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.