Polícia Civil e Sema intensificam o combate ao desmatamento e extração ilegal de madeira no norte do estado

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Terra Nova do Norte (675 km ao norte de Cuiabá), e a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), intensificaram, na semana entre 24 e 28 de outubro, a fiscalização e o combate ao desmatamento e extração ilegal de madeira no extremo norte do estado de Mato Grosso.

Na operação, as equipes percorreram aproximadamente dois mil quilômetros em estradas rurais de difícil acesso, utilizadas pelos suspeitos para retirada e transporte de madeira. As ações tiveram como foco áreas degradadas, identificadas via satélite pela equipe da Sema na zona rural do município de Novo Mundo.

No local, as autoridades ambientais fizeram o levantamento dos danos da extensão territorial da degradação, para, posteriormente, identificar e responsabilizar os autores.

Segundo o delegado de Terra Nova do Norte, José Getúlio Daniel, o trabalho tem o objetivo de resguardar a integridade física dos servidores da Sema. “A ação teve como foco garantir a realização dos laudos técnicos das áreas degradadas, para que os responsáveis possam responder civil, administrativa e criminalmente”, disse o delegado.

Ainda durante os trabalhos, também foi feito o registro do período defeso à pesca, buscando proteger a reprodução das espécies, assim como o estoque pesqueiro futuro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.