Suspeito de uso de documento falso e tentativa de estupro é preso em Pontes e Lacerda

Um homem suspeito de tentativa de estupro e uso de documento falso foi preso em flagrante, na segunda-feira (28.11), em uma ação conjunta da Polícia Civil e Polícia Militar, no município de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá).

O suspeito de 40 anos, que usava documentos falsos e também estava com o mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas, foi identificado por meio dos sistemas tecnológicos desenvolvidos pela Polícia Civil de Mato Grosso.

As investigações iniciaram após as equipes policiais receberem denúncias de que o suspeito que estava em um veículo VW Gol, em situações distintas, abordou duas crianças e uma mulher em via pública e tentou sequestrá-las, as forçando a entrar em seu veículo. Nos dois casos, as vítimas conseguiram fugir do suspeito.

Com base nas informações passadas pelas vítimas, os policiais militares conseguiram localizar o veículo e realizar a abordagem do suspeito, que foi conduzido à Delegacia de Pontes e Lacerda.

Ao efetuar pesquisa nos sistemas disponíveis, a equipe de investigadores percebeu que a emissão do CPF do suspeito era recente, assim como o documento de identidade era extremamente novo, levantando a suspeita em relação a veracidade dos documentos.

Após pesquisa e troca de informações com outras forças de segurança, foi possível descobrir a verdadeira identidade do suspeito, que estava com mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, João Paulo Berté, o documento apresentado pelo suspeito era verdadeiro, porém foi emitido com a identidade de uma pessoa que não existe. “Possivelmente ele conseguiu uma certidão de nascimento com o nome de outra pessoa, e utilizou para confeccionar os documentos verdadeiros de alguém que não existe”, explicou o delegado.

Depois de interrogado, o suspeito foi autuado em flagrante pelos crimes de tentativa de estupro e por uso de documento falso, além de ter o mandado de prisão por tráfico de drogas devidamente cumprido, sendo posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.