Polícia descobre furto a banco e flagra quadrilha; dois suspeitos morreram em troca de tiros

A Polícia Militar deteve, na madrugada desta segunda-feira (26), suspeitos de furtar uma agência bancária em Santo Antônio do Leverger, a 35 km de Cuiabá. Ao todo, seis pessoas participavam da ação — duas delas morreram em confronto com as equipes e uma está foragida.

De acordo com o boletim de ocorrência, o atendimento começou quando os policiais abordaram um adolescente em frente ao batalhão da Polícia Militar. Ele confessou que estava como “olheiro” e cuidava da movimentação das equipes para comunicar os suspeitos que furtavam o banco.

Os políciais foram até a agência e localizaram uma pessoa dentro da unidade e um comparsa em um veículo estacionado perto do banco.

A Força Tática foi acionada para dar apoio à ação e abordou os dois suspeitos que estavam no telhado. Segundo o registro, eles estavam armados com uma pistola e um revólver e ameaçaram as equipes.

Um dos suspeitos tinha 27 anos e mais de 20 passagens pela polícia por crimes como tráfico de drogas, sequestro, extorsão e roubo, segundo a Força Tática. O outro não foi identificado até a última atualização desta reportagem.

Ainda conforme a polícia, o integrantes da quadrilha que conseguiu fugir também não foi identificado.

Dentro do banco, havia um buraco na parede do cofre principal da agência e os equipamentos usados para arrombar o local. Os suspeitos relataram que o furto começou na sexta-feira (23) e que seria concluído na noite de domingo (25).

Em nota, o Banco do Brasil informou que aguarda a perícia no local para que a agência volte a atender o público. Nesta segunda-feira (26), a unidade está fechada e não foi divulgado, até o momento, se alguma quantia foi levada pelo bando.

A Polícia Judiciária Civil, a Polícia Judiciária Militar e a Corregedoria das polícias apuram o atendimento à ocorrência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.