Projeto de lei proíbe o uso de copos plásticos descartáveis em eventos oficiais em MT

Um projeto de lei proíbe o uso de copos plásticos descartáveis em eventos oficiais ou que pertençam ao calendário oficial de Mato Grosso. O projeto ainda deve ser votado pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e, se aprovado, sancionado pelo governo do estado.

A ideia é reduzir a poluição ambiental causada pelo excesso de material plástico no meio ambiente. O Projeto de Lei nº 1017/20, de autoria do deputado estadual Paulo Araújo (Progressistas), foi apresentado na ALMT.

Estima-se que é consumido, no Brasil, cerca de 720 milhões de copos descartáveis por dia, o que corresponde a 1500 toneladas de resíduos diariamente, segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos (Abrelpe).

Incluem-se dentro da proibição, os eventos patrocinados, incentivados ou que dependam de alguma cooperação do poder executivo. Os utensílios devem ser substituídos por similares de material biodegradável e/ou reutilizável a fim de permitir a reciclagem.

Na justificativa da propositura, o deputado informa de que forma essa lei pode beneficiar o Estado, com a intenção de redução da produção de lixo e promover educação ambiental, difundindo o conhecimento sobre o problema que os resíduos trazem ao planeta.

Paulo Araújo, lembra que o plástico, que não é reciclado e descartado de forma incorreta, pode acabar nos rios do Estado e de forma abrangente nos oceanos do país.

Fonte: G1 MT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.