Agrônomo de MT é assassinado a tiros em rodoviária na Bolívia

Einstein Mota, de 30 anos, foi morto a tiros em rodoviária na Bolívia — Foto: Facebook

Um agrônomo mato-grossense foi assassinado a tiros no sábado (15) na frente do terminal de ônibus de San Ignacio de Velasco, na Bolívia. Einstein Mota, de 30 anos, deixava uma pessoa na rodoviária quando foi baleado por dois homens.

Einstein formou em agronomia pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e morava em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. A família dele é de Pontes e Lacerda, cidade na região de fronteira com a Bolívia.

Segundo informações, o agrônomo foi baleado por, pelo menos, quatro tiros na cabeça. Os suspeitos estavam em uma motocicleta e fugiram em seguida. A polícia boliviana informou que prendeu três suspeitos.

Agrônomo mato-grossense foi assassinado a tiros no sábado (15) na frente do terminal de ônibus de San Ignacio de Velasco, na Bolívia — Foto: El Deber

Einstein foi encaminhado até um hospital na região, mas não resistiu. Familiares da vítima foram até a Bolívia e devem fazer o translado do corpo até Mato Grosso.

A polícia boliviana investiga o caso. Não há informações sobre a motivação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.