BR 174 faz mais uma vítima fatal

Um grave acidente ocorrido no início da noite de ontem (07),  no trecho da rodovia federal 174, vitimou o engenheiro Mauro Donizete Ribeiro Filho,  de 31 anos. 

Ele,  segundo apurou a reportagem,  regressava juntamente com sua família do feriado prolongado. Estava hospedado no Hotel Baiazinha, a cerca de 100 quilômetros de Cáceres, na margem do Rio Paraguai,  região do Pantanal. 

No retorno,  segundo versão de um familiar, uma ponte mal sinalizada, chamada de “segunda ponte” , e ainda poeira intensa, teria dificultado a visão do engenheiro que acabou saindo da pista na junção dessa ponte de madeira e vitimando o mesmo.

Alem de Maurinho Filho, viajava a esposa, filha e mais uma pessoa,  todas tiveram ferimentos, foram socorridas. 

Oriundo de família tradicional em Cáceres,  tendo como pais o também engenheiro Mauro Donozete e a pecuarista Celinia Leal Ribeiro,  a notícia causou comoção na cidade. 

O velório ocorrerá no Parks dos Ipês, na Avenida 7 de Setembro, área central da cidade,  a partir das 07h30 desta quarta feira (08).

Um pecuarista que prefere não ser identificado,  revelou que esse trecho da rodovia federal 174,  especialmente as pontes de madeiras carecem de sinalização urgentes. De acordo com ele, há registros de outros acidentes graves naquela mesna área. 

Com a situação de baixa nas águas do Rio Paraguai, pessoas que buscam lazer nos hotéis do Pantanal Estão buscando essa estrada para as viagens que geralmente eram feitas em chalanas e lanchas.

Essa alteração aumentou o fluxo de trânsito entre a BR 070 localidade do Facão no entroncamento até a Fazenda Barranco Vermelho que fica próxima ao Hotel Baiazinha. 

Fonte: Jornal Oeste – João Aruda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.