Terceiro envolvido em homicídios em Barra do Bugres é preso pela Polícia Civil em Mirassol d’Oeste

Uma ação integrada das Delegacias da Polícia Civil de Mirassol d’Oeste e Barra do Bugres resultou na prisão de um investigado de 22 anos, apontado como um dos autores do homicídio de dois primos assassinados em Barra do Bugres, no mês de abril deste ano. Além do duplo homicídio, o preso é investigado por um terceiro crime cometido um dia após o desaparecimento do casal de primos. 

O alvo do mandado de prisão, considerado de alta periculosidade pela Polícia Civil, foi localizado nesta quinta-feira (14.07), quando policiais da Delegacia de Mirassol d’Oeste o localizaram em uma residência no Jardim São Paulo. Durante entrevista com os policiais, ele afirmou ser integrante de uma facção criminosa e que gerenciaria o tráfico de drogas no município. 

As equipes realizaram buscas na residência do suspeito e apreenderam entorpecentes, balanças de precisão, um revólver calibre 38 com seis munições intactas, entre outros itens. O suspeito estava com um documento de identidade falso. Ele foi autuado em flagrante delito por tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e uso de documento falso.

A delegada de Barra do Bugres, Renata Evangelista, destaca que desde o desaparecimento do casal de primos, a Polícia Civil se empenhou nas diligências e para reunir informações que levassem ao paradeiro das vítimas, assim como no esclarecimento das mortes e na responsabilização dos autores dos crimes. 

Homicídios em Barra do Bugres 

O jovem preso em Mirassol d’Oeste é apontado nas investigações da Delegacia de Barra do Bugres como um dos envolvidos na tortura, homicídio e ocultação de cadáver dos primos Thaynara Chrystini dos Santos Silva e Carlos Henrique da Silva Souza, ambos de 20 anos, que desapareceram no dia 05 de abril. 

O casal de primos foi visto pela última vez na parte externa de um ginásio poliesportivo, onde ocorriam jogos escolares da cidade. Os corpos das vítimas foram localizados no dia 11 de maio em avançado estado de composição, enterrados em uma região de mata de Barra do Bugres.

As buscas pelos corpos foram realizadas por equipes da Delegacia da Polícia Civil do município com apoio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO). Familiares reconheceram os pertences encontrados como sendo dos dois jovens. Outro investigado pelo crime, que estava com prisão decretada, foi preso na ocasião.

No dia seguinte ao desaparecimento do casal de primos, a Polícia Civil registrou o homicídio de Kaio Richard dos Santos Paulo, de 21 anos, executado com as mãos amarradas. Na ocasião, dois suspeitos pelo crime foram  presos em flagrante.

Desde as datas dos homicídios, diversas diligências foram realizadas pela Polícia Civil para identificar os demais autores dos crimes. A delegada Renata Evangelista representou pela prisão temporária do suspeito, que desde então era considerado foragido da justiça.

Outro suspeito de envolvimento nos homicídios foi preso em 27 de maio pela equipe da Delegacia de Barra do Bugres.

Fonte: Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

No Banner to display