Senar-MT repassa doação de 50 mil máscaras para sindicatos rurais

Os 93 sindicatos rurais de Mato Grosso iniciaram a distribuição de 50 mil máscaras à população de baixa renda. Os itens de proteção são referentes à uma doação recebida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), na segunda quinzena de julho. A quantidade destinada a cada município foi proporcional ao número de habitantes da respectiva localidade.

O critério para distribuição à população carente foi definido pelos próprios sindicatos, conforme explica o diretor de operações do Senar-MT, Carlos Augusto Zanata. “O sindicato conhece melhor a realidade do município e como essas máscaras chegarão às pessoas que realmente precisam”.

Em Rondonópolis, foram escolhidas duas instituições: O Lar de Idosos e o Hospital Psiquiátrico Paulo de Tarso, este presidido por Annemarie Pfann Tomczyk. Segundo a presidente, as máscaras foram destinadas aos mais de 110 funcionários da instituição. “Temos voluntários e funcionários remunerados lidando com mais de 300 pacientes que, por serem psiquiátricos, não usam máscara”.

Em Jaciara, a distribuição foi realizada no espaço de espera dos serviços bancários, para as pessoas que buscavam atendimento e auxílio emergencial.  “Esperamos que essa contribuição ajude a minimizar os problemas sérios da pandemia. É o agro ajudando o cidadão urbano”, afirmou o presidente do sindicato do município, Antônio Figueiredo Mei.

O sindicato de Vera recebeu 200 máscaras infantis e doou à Assistência Social do município. “A prefeitura somente tinha máscaras adulto e com essa doação também poderá proteger as crianças”, disse o presidente do sindicato rural, Vidimar Siliprandi.

Doação – Os itens fazem parte de um projeto patrocinado pelo banco Itaú e chegaram ao Senar-MT por meio do Deputado Federal Nelson Barbudo (PSL).

Segundo o superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, mais conhecido como Chico da Paulicéia, essa iniciativa é uma oportunidade de beneficiar a população carente, utilizando o Sistema Famato. “Por meio dos sindicatos vamos fazer as máscaras chegarem às pessoas necessitadas”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.