Membro do CV em Comodoro é apreendido por matar idoso e dar salve em “devedor” de facção

Um adolescente, de 16 anos, suposto membro do Comando Vermelho foi apreendido pela Polícia Civil de Comodoro ( a 644 km de Cuiabá) e autuado por ato infracional análogo a latrocínio de Pedro Simão da Costa,  81, em fevereiro deste ano em Campos de Júlio ( a 555 km de Cuiabá). Dessa vez, ele também é um dos suspeitos de uma tentativa de homicídio ocorrida na semana passada em Comodoro durante um “salve”.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, a apreensão aconteceu durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão do processo envolvendo o latrocínio. No dia do crime, o idoso foi roubado, morto e ainda tentaram queimar seu corpo.

Delegado Ricardo Marques Sarto informou que o menor é apontado como um dos principais suspeitos de uma tentativa de homicídio ocorrida na noite de quinta (10), em Comodoro. Ele foi preso na casa da namorada e encaminhado para a delegacia.

Ele também é suspeito, de junto com mais dois comparsas, de ter torturado, agredido e esfaqueado outro adolescente, de 15 anos, que e precisou fingir que estava morto para que os suspeitos fossem embora.

Os criminosos a todo momento falavam que estavam lá para cumprir uma ordem da facção, que era matá-lo. Havia a suspeita de que ele estava traficando sem repassar o lucro aos chefes da boca e por isso estaria “devendo” para a facção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.